Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

Eu Carol, me ar pendo, sério que marrependo, até fico bermelha de tânta bergonha

Sem mais delongas ... estou perplexo com esta cena da Carolina e a porcaria do livro que segundo os melhores e mais bem entendidos na coisa, desnuda os "maus da fita".

A miúda que na altura, no calor da noite abanava a anca por meia dúzia de tostões e fazia companhia a camionistas e taxistas que mais não faziam que pagar umas tacinhas de vinho ou espumante e depois de uma trepa rápida ... ala que se faz tarde, bem, dizia eu, a miúda agora é tida como valente e destemida, até com tomates dizem alguns, porque não demonstra nem medo dos maus, nem dos Pintos e nem tão pouco dos cobardolas que se dizem chefes de claques.

Mas, se virmos a coisa como deveríamos ver a coisa, desta simples maneira, sim, porque até agora só víamos a coisa como portugueses desmesuradamente lambidos por uma novidade (lembro-me dos heróis Caldeira e afins que agora estão na mó de cima mas defraudaram milhares, e nós aplaudimo-los, mas adiante) que nos invadiu as horas de conversa e as mesas de café e nos faz ficar agarrados a telejornais e merdas do género a ver se "a gaja já morreu ou já está no hospital?", se olhássemos para a coisa com seriedade tuga, chegaríamos a uma conclusão fantástica:

  • A gaja foi paga pelo governo para fazer este livro para nesta altura do Natal dar alguma coisa que pensar ao povo para este não se recordar da merda em que vive e dos impostos que paga; ou então foi o sporting, que fez o mesmo, mas agora para a malta não reparar que está a chegar o Natal e a equipa não passa outra vez, ah, e fazer mal ao Pintinho, coitado. Estou a divagar, mas vejamos a coisa então:
  1. Os Pintos e os chefes de claques não são assim tão estúpidos para lhe tratarem da saúde tão depressa, eram logo presos, pois a heroína está na ribalta;
  2. É uma intocável;
  3. O nosso Ministério Público congratula-se com o facto de finalmente alguém ter a coragem de contar a verdade (já sabem que é verdade? só agora?!) sobre esta chafurdice em que se tornou o Caso do Apito Dourado (ou seria por aCaso há Pito Dourado?!, bem...) e que agora está escarrapachado num livro escrito em princípio pela mocinha desgraçada que só serviu de cobaia. Que pena que eu tenho da rapariga, mesmo, sério que tenho. Vai engordar se não continuar a dançar agarrada ao varão;
  4. Agora, diz-se, e, ainda por cima solicita à entidade competente que lhe dê o "estatuto de arrependida". A gaja não consultou nenhum advogado antes de escrever estas merdas? Mas ela afinal é assim tão estúpida?! Inteligente não me parece nem nunca me pareceu, mas que é esperta isso é. E quem anda na vida e no calor da noite não o é?!

Onde eu quero chegar e a ver se me despacho, é, ao ponto fulcral da coisa, mas questiono-me:

  • Ninguém prende esta rapariga? Será que agiu sempre de boa fé? Usou semre preservativo? Quem é que praticou os crimes, ela ou quem a mandou? Quem contratou os maus, foi ela ou um dos homens dela? Mas ela é assim tão burra que não veja o erro em que caiu? Desbronca-se desta maneira e pensa que sai incólume? Espero que não, pois ela é tão pura como a verdade na boca do Diabo, só acredita quem quer. E não a estou a culpar ou proteger, só me questiono sobre estas coisas, simples.
  • Ninguém olha ou ninguém vê?! Quem escutou não ouviu?! Atão?! Vão ficar à espera que os jovens intervenientes da coisa se dirijam a Espanha para comprar rebuçados outra vez?!

Porra meus amigos, faça-se alguma coisa.

4 comentários:

  1. Rui, o Graça13 dezembro, 2006

    Caramelos em Espanha ou mesmo chili com tequilla em terras mexicanas!

    Fala-se da Máfia italiana e que eles são isto e aquilo, mas o que é certo é que o CalcioCaos foi um processo que durou cerca de 2 meses e escamartilhou 4 dos principais clubes italianos!

    O aPito Doirado durante há pelo menos desde o tempo dos descobrimentos portugueses (há quem diga que o próprio Vasco da Gama era árbitro e teve de fugir...), não faltam evidências (mas pelos vistos faltam provas...) e continua tudo no mesmo nacional porreirismo! O que é preciso é que o Benfica vença, que haja bacalhau na consoada e que o Papa venha a Fátima!

    Curioso é o PC peidar-se em cerimónias (pelos vistos sofre de flatulência), e Carolina SALGADA acende um cigarro para disfarçar o cheiro e ninguém a manda apagar o cigarro por estar a fumar em locais públicos e sitios fechados!

    INDECENTE!!! :))

    ResponderEliminar
  2. ... e nao se faz nadinha. Se calhar é por causa do "pito" ...

    ResponderEliminar
  3. F.S.Garden Resort13 dezembro, 2006

    E aquele arzinho de coitadinha que ela põe agora de quem a voltou a comer e não lhe pagou?
    eheheheh.
    Nem o António Ramos (mais conhecido pelo Barbas) resistiu ao ar tristinho da Mula. Esperto este Barbas que com a compra de 20 livros (conforme dito por ele na TV) e não 12 como vinha na imprensa escrita, pela compra das 20 unidades, teve direito a talão de desconto de 0.05€ por litro de combustivel na Repsol + talaozinho para assistir ao SLB/V.Setúbal, talão de desconto de 2.99€ no Continente e finalmente numa ída ao norte até dia 31/12/2006 tem direito a um Bico feito pela autora do livro. Excluida ficou o bónus suplementar de uma trombadinha na Mula, pois António Ramos recusa-se a cortar as guedelhas faciais (condição exigida pela Mula) por motivo de excessivas cócegas na badófia.

    ResponderEliminar
  4. Palavra d'honra que tou a gostar de ver!! Ó Panda, não sei se o que dará mais que falar será a tua crónica, ou os "cumentários" à dita.
    Cá pra mim, a piquena não precisa que a entalem. É como o escorpião, ferrou-se a si mesma. Mas que o Pintinho merece ser enxovalhado, lá isso...
    SLB FOREVER

    ResponderEliminar

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.