Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Estórias que nos afagam a alma e nos fazem acreditar que estamos vivos, e heteros.

Um informático tipo nerd, está numa ilha deserta há anos, depois de um naufrágio.
Certo dia avista um ponto brilhante no horizonte e começa a segui-lo com o
Olhar.
"Não é um navio", pensa o nosso herói.
E o ponto aproxima-se. "Não é uma barcaça" - e começa a ficar como a Floribela, confuso.
E cada vez o vulto estava mais perto! "Não é uma jangada!?!" ... "Não é o Superhomem".
E eis que das águas emerge uma loiraça, com fato de mergulho!
A loiraça dirige-se a ele e pergunta:
- Há quanto tempo não fumas um cigarro?
- Há 10 anos!
Ela abre um bolso interior do seu fato impermeável e dá-lhe um cigarro.
- Meu Deus, que bem que isto me está a saber!
- Há quanto tempo não bebes um whisky?
- Há pelo menos 10 anos!!! - responde o nosso herói, ainda atarantado.
Então ela abre outro bolso interior, tira uma garrafinha de whisky e dá-lha!
O homem bebe tudo de um trago, ainda descrente com o que lhe estava a
Acontecer, mas muito, muito feliz!
Então a loiraça começa a baixar o fecho principal do fato e pergunta-lhe:
- E há quanto tempo é que não te divertes a sério?...

Vai o nosso homem e grita, louco de felicidade:
- EPÁ!!!, tu não me digas que tens aí um portátil?! ...

Bem, depois de ter visto ontem o aconchego com cheiro a falso que foi a festinha dos 40 anos do Marco Paulo, as figuras de cera que lá estavam sentadas, bem pagas devem ter sido para levar com aquela recehemenga toda ... acho que preferia mesmo um portátil.

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.