Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Carta de uma paciente do Dr. Palma, assaz demonstrativa, pelo menos pela caligrafia.

Minha cara Amiga,

O seu marido é valente, corajoso, dedicado companheiro, e, acima de tudo, mostra-lhe com esta atitude que esta a sofrer imenso, que se desgasta em prol do bem-estar conjugal para que lhe não lhe falte nada a si.

Veja que em todos os momentos em que a senhora se delicia, dedicando-se a coisas de laser no vosso lar, ele aborda-a complementando sempre a sua tarefa com uma dádiva: a demosntração de carinho, o amor.

Por isso minha cara amiga, encoraje-o e mostre que o ama, saciando-o de todas as maneiras possiveis, por exemplo e demosntrando a sua felicidade, comprando-lhe uma bela prenda e preparando-lhe uma refeição digna de um príncipe.

Bem haja.

2 comentários:

  1. Gregório Escape-Livre18 janeiro, 2007

    O marido dessa gaja faz-me lembrar a minha mulher.
    É que quando me apanha a jeito e distraid~ºs
    d
    ~ºlf._:_~,ç~~~~~~~~
    ººº
    º4 ... ma
    ekkkk´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´

    ResponderEliminar
  2. ganda maluca essa rapariga, não te perdoa.

    ResponderEliminar

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.