Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

terça-feira, 16 de dezembro de 2003

3 centímetros de piscina

As regras portuguesas de acesso aos fundos comunitários são um autêntico quebra-cabeças. No final, o investidor pode acabar por descobrir que teve tanto trabalho para nada, porque não se apercebeu da existência de pequenas diferenças nas várias medidas de acesso à construção do seu projecto. Um exemplo são as piscinas municipais de muitas cidades portuguesas, que foram construídas de acordo com as medidas regulamentares (25 metros) para acolherem competições oficiais. No entanto, as medidas descentralizadas de acesso aos fundos europeus vieram ditar outras regras: as piscinas só podem receber competições quando medem 25,03 metros. Estes míseros três centímetros de diferença são o espaço necessário para a instalação das placas electrónicas que detectam os nadadores, ao chegarem à borda das piscinas. Resultado? Depois do investimento feito, faltou-lhes "um bocadinho assim" para servirem para algo mais do que aulas de natação

http://jornal.publico.pt/2003/12/15/SupEconomia/TEPP.html#ST1


Sem comentários:

Enviar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.