Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

segunda-feira, 3 de março de 2008

Toca a demolir e a remodelar

Não é bem assim meus amigos, vamos ter muito cuidado com estas mudanças que parecem facilitar a vida e eliminar burocracias. Tanga, é o que é.

Após a leitura do texto que decreta esta alteração à legislação, toima em atenção o seguinte: se a tua habitação for mesmo tua, a coisa poderá funcionar, mas alerta e informa sempre a autarquia por escrito para ficares com prova do comunicado da alteração a que vais submeter a tua habitação; se a tua habitação, tua porque só lá vives, mas não tua por que é do senhorio, cuidado, muito cuidado, pois se alterares seja o que for sem o consentimento deste verdadeiro dono da habitação estás entregue à bicharada. Ou seja, se a tua casita for alugada, comunica sempre ao senhorio a tua intenção e tem em consideração as obras que são feitas, se são mesmo necessárias e se são pagas por ti podes vir a abater esse montante nas rendas posteriores caso se prove que é para melhoria do imóvel, ou se são pagas pelo verdadeiro dono da casa.

Alterar a estrutura da casa sem que danifique os pilares ou alicerces da mesma, não quer dizer que faças uma casa-de-banho na cozinha, temos que ter bom senso. E muita atenção à abertura de novas janelas e outros buracos como lareiras ou salamandras. O melhor mesmo é pedires informação por escrito à entidade responsável: a autarquia da tua zona residencial.

2 comentários:

  1. Acresce que "alteração da estrutura do edifício" é um conceito jurídico suficientemente amplo para abranger múltiplas situações que à partida o senso comum rejeitaria. Às vezes, um simples muro ou um certo tipo de portão pode integrar o aludido conceito...

    Teresa

    ResponderEliminar
  2. Quer dizer que estamos entalados ...~
    Vou fazer como o outro do Bairro do Castelo, queria abrir uma janela para ter vista para o Tejo, mas como tinha que pedir autorização à Câmra, a burocracia era tanta que preferiu fazer a obra sem dizer nada a seja quem fosse das autoridades e, depois de abrir a dita janela, decidiu pedir autorização para "fechar" a janela. Esperou dois anos até que o proibiram terminantemente de alterar a fachada do prédio.
    Vês ... é assim. à tuga, ai tás com coisas, atão embrulha.

    ResponderEliminar

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.