Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

quinta-feira, 11 de março de 2004

Lembram-se do 11 de Março??

LISBOA - À 0h20 do dia 25 de abril de 1974, a Rádio Renascença, de Portugal, tocou uma música proibida: Grândola, Vila Morena, de Zeca Afonso. Era a senha para o início do movimento dos capitães, que ficou conhecido como a Revolução dos Cravos. Após 48 anos de ditadura, Portugal estava voltando a ter um regime democrático.

O movimento aparece para os portugueses com um programa que se definia por três Ds: Democratização, Descolonização e Desenvolvimento. A revolta militar foi uma consequência dos 13 anos de guerra colonial, em que os portugueses enfrentaram os movimentos de libertação nas suas colónias: Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Era uma revolta esperada, especialmente depois do levantamento militar de 16 de março de 1974 - quando oficiais de vários quartéis se amotinaram para impedir que os generais António de Spínola e Costa Gomes fossem exonerados.

O período revolucionário português foi dividido em três momentos. Até 11 de março de 1975, quando não se sabia direito quem detinha o poder no país. Nessa data, o general António Spínola tenta um golpe de direita, provocando uma reacção contrária: inicia-se o período chamado de Verão Quente.

Foi depois do 11 de março que ocorreram as nacionalizações dos bancos, das principais indústrias e dos meios de comunicação, e foi feita a reforma agrária. Também é esse o período em que as ex-colónias conquistam a independência. O Verão Quente teve consequências para o Brasil. Cerca de 500 mil portugueses, na maior parte ligados às elites anteriores ao 25 de Abril, optam por procurar refúgio no Brasil.

O período revolucionário termina em 25 de Novembro, quando um grupo de militares do Movimento das Forças Armadas tenta um novo golpe - de esquerda -, que fracassa. A revolução portuguesa é considerada o início de uma vaga de democratização que atingiu primeiro a Espanha e depois a América Latina.

***************************************

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.