Uma coisa do freak do Caeiro que deve ser tomada como referência para os que gozam de ser Portugas.

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo ... por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer, porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura ...

terça-feira, 27 de abril de 2004

A merda dos POST-ITs

Numa empresa portuguesa, por causa das fotocópias, foi emitida a seguinte circular:

Caros Colegas
Pede-se encarecidamente ao pessoal da Empresa, que no momento de solicitar fotocópias aos colegas da Central de Cópias, o façam de uma forma clara e objectiva, completando as frases que escreverem.

Acontece que os "post it" adjuntos aos documentos por fotocopiar, e os pedidos escritos, têm causado problemas a alguns dos nossos companheiros de trabalho que nos fazem o favor de tirar as cópias, chegando ao extremo de criar problemas conjugais.

Como exemplo, citamos algumas notas de "post it" encontradas nos bolsos dos maridos:

- Por favor, João, depressa!... o gerente também está à espera!- Daniel, faz-me como o fizeste da outra vez
- Zé, dá-me duas, rapidinho!
-Pedro, pelos dois lados... e presta atenção que por trás tem que ficar tudo.
-Por favor, Jorge, primeiro a mim, que estou aflita.
- Quando tirares, faz com que se veja o melhor possível.
-Pode ser sem pressa, mas que fique bem feito!
- Luís, urgente! Podes meter-me no meio sem que ninguém perceba e fazer rapidinho?
-António, pode ser pela frente e por trás. Se não conseguires, dá-me duas separadas.
- Então, Fernando, quando é que me fazes o trabalhinho? Estou a ficar aflita.

**********************

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS COMENTÁRIOS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE CADA UTILIZADOR.